ESPM mapeia como a inteligência artificial pode influenciar no futuro da música

Pesquisa inédita vai analisar mais de 3.000 faixas de música do Spotify e Deezer, para entender quais características são necessárias para se chegar ao Top 200 das mais ouvidas

  • Lançamento acontece dentro do evento Rock in Hub, com palestras e workshops de executivos de gravadoras e plataformas, líderes de grupos musicais, profissionais de tecnologia e inovação, nos dias 17 e 18 de abril 

São Paulo, 13 de abril de 2023. O segmento cultural, que já operava no meio digital quando no início da pandemia, passou a adaptar suas atividades e serviços exclusivamente para este meio. A música ganhou com seus intérpretes lives, novos modelos de inserções nas mídias sociais e um forte consumo nas plataformas especializadas. 

Dentro desse contexto, a ESPM, escolas de negócios, por meio do Núcleo de Transformação Digital da ESPM (DIGI), realiza mais um estudo inédito, dentro da “Transformação Digital da Comunicação” em diversos segmentos, com o objetivo de mapear como a inteligência artificial pode influenciar no futuro da música. Coordenada pelo Centro de Gestão e Transformação de Negócios do curso de Administração da instituição, a pesquisa analisa mais de 3.000 faixas de música do Spotify e Deezer, para entender quais características são necessárias e como a melodia pode chegar ao Top 200 das mais ouvidas. 

Claudio Luiz Cruz de Oliveira, coordenador da pesquisa e professor de Business Technology e Marketing Science da ESPM e sócio da Cognitive Inteligência de Marketing, explica que a análise está sendo realizada em mais de seis anos de histórico de canções disponíveis nas plataformas. “Nosso objetivo é criar um simulador que possa prever o sucesso das músicas. Por exemplo, baseada em algumas características como artista, gênero, níveis de dançabilidade, energia de cada música das playlists e tempo da música, o simulador irá estimar a probabilidade de a canção fazer sucesso. Isso pode influenciar o mercado, melhorando a tomada de decisão para se investir em campanhas ou produção de um determinado gênero”, diz. 

Já Diego Oliveira, professor de Mídias e Inovação da ESPM e CEO do Grupo Youpper Consumer & Media Insight, ressalta que a indústria da cultura soube reagir aos desafios da pandemia e o pós-pandemia rapidamente, onde encontrou uma audiência ávida por entretenimento, reflexão e novas experiências. “A indústria da música vem agregando inovação ao longo do tempo, com o uso de algoritmos e maiores taxas de precisão métrica como modelo antes de lançar uma nova canção no mercado. Isso traz uma alta precisão, o que significa correr menos riscos numa decisão comercial muito mais assertiva”. 

Festival de inovação e negócios

O curso de Administração e o Núcleo de Transformação Digital da ESPM (DIGI) da ESPM, promovem o Rock in Hub – Um festival de inovação e negócios, que acontece nos dias 17 (noite), aberta ao público, e 18 (manhã e tarde) de abril, no campus Álvaro Alvim, na Vila Mariana, em São Paulo. 

Serão quatro palcos simultâneos, 17 atrações, 35 painelistas entre celebridades do mundo da música, executivos de multinacionais de tecnologia e inovação, fundadores de startup e ex-alunos da ESPM, que falarão sobre as tendências de mercado, soluções de inovação, empreendedorismo e marketing. 

Dentre os convidados estão Cláudio Vargas (Universal Music), Conrado Lancerotti (baixista do NXZero), Thiago Endrino (Elemess Music), Fernando Gabriel (STRM), que debaterão o tema “Inteligência Artificial (IA) e o Futuro da Música” no palco Mundo; Francisco Mattos (Fórmula 1), Talita Pareja (Suzano), Ludmila Ximenes (Grupo DVT), falarão sobre “Grandes Eventos e Ativação de Marca” no palco Mundo; dentre outros executivos da Nubank, XP, Nivea, Locaweb, Mercado Bitcoin que abordarão sobre Mercado Financeiro, Marketing Digital, Moda, Startups e Inovação. 

A divulgação da pesquisa “Inteligência artificial pode influenciar no futuro da música” acontece dentro do debate “O Futuro da Música”, com a participação de executivos e profissionais de gravadoras, e músicos, na abertura do evento. 

O Rock in Hub é aberto ao público no seu primeiro dia (17), com vagas limitada e transmissão on-line, e inscrições pelo: https://www.sympla.com.br/rock-in-hub__1941636 

Já para estudantes ESPM, as inscrições estão abertas pelo link: https://credenciamento.espm.br/rockinhub 

Serviço

Rock in Hub – Um festival de inovação e negócios

Abertura 17/04 – a partir das 19h30

Palco Mundo (Auditório Philip Kotler) – “Inteligência Artificial (IA) e o Futuro da Música” e apresentação pesquisa “Inteligência artificial pode influenciar no futuro da música”

18/04 – a partir das 9h

Palco Management (Auditório Castelo Branco)

9h       Desafios do Ecommerce – Eduardo Freme, Guilherme Almeida, Thales Gonçlves

10h    Mercado Financeiro em 2023 – Renato Santiago, Maildes Moreira

11h    Carreira no Mercado Financeiro – Lucca Fiorin, Lucas Romin       

12h    Inovação e Melhoria Contínua – Felipe Mascari

14h30 Case Nubank – Dados e Inteligência 

Palco Marketing (Auditório Castelo Branco)

9h       UX no Varejo de Moda – Mayra Palacios

10h    Carreira Feminina em Marketing – Camila Faro, Giovanna Garib, Alessandra  Miyazaki

11h    Marketing Digital & Growth – Robson Harada, Abel Reis, Leandro Fujita

12h    Marketing na Periferia – Joildo Barreto dos Santos

14h30 Marketing em Startups 

Palco Startup (Workspace)

9h       Empreender – Da ideia ao negócio! – Thiago Ronda, Carolina Habeyche

10h    Empreendedorismo nas Favelas – Anderson (Buiu), Izis Queiroz

11h    Investindo em Startups – Leonardo Savoy, Ricardo Gora

12h    Startups Universitárias – Karen Geppert,Joao Vitor Gordilho, José Guilherme Costa 

14h30 Empreendedorismo e Autoconhecimento

Solicitação de credenciamento de Imprensa pelo email: [email protected]

Sobre a ESPM

A ESPM é uma escola de negócios inovadora, referência brasileira no ensino superior nas áreas de Comunicação, Marketing, Consumo, Administração e Economia Criativa. Seus 12 600 alunos dos cursos de graduação e de pós-graduação e mais de 1 100 funcionários estão distribuídos em cinco campi – dois em São Paulo, um no Rio de Janeiro, um em Porto Alegre e um em Florianópolis. O lifelong learning, aprendizagem ao longo da vida profissional, o ensino de excelência e o foco no mercado são as bases da ESPM.

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA

William Lara | [email protected] | 11 9 4973-8477

Deixe um comentário