Ivan 2X  Da Politica ao Rock 

Em Santa Catarina, Ivan 2X é conhecido pelo nome de batismo (Ivan Lopes da Silva), porque trabalhou em assessorias políticas durante quatro décadas. “Ajudei a eleger de vereador a governador, fazendo ou coordenando campanhas”, diz. E já faz sucesso com uma música. “Tok o Meu Rock no Tik Tok” já está sendo tocada em rádios do Brasil e exterior (https://youtu.be/8vym2900lxg).

Decepcionado com a onda conservadora instalada no Brasil, ele passou o ano de 2019 incluindo nos seus posts, nas redes sociais, a frase “2020 vou me reinventar”, já abreviando nome para Ivan 2X, mas poucos sabiam qual era a intenção. O projeto era morar com a namorada em Lisboa e prestar consultoria política/eleitoral em uma agência de publicidade de um amigo. Início de 2020 surgem as primeiras notícias de uma possível pandemia e “ai fudeu, cara. Fiquei meio atordoado e me isolei com medo de morrer. Mas sempre digo que de algo ruim podemos extrair coisas boas”, enfatiza.
            Durante dois anos em casa teve tempo para revirar seus escritos ao longo de 40 anos. “Tomei coragem de rever um monte de cadernos com manuscritos, com centenas de poesias e letras de músicas, uma peça de teatro inconclusa, um roteiro de filme, também inconcluso, entre outras anotações”, revela. “Mas me apeguei às letras de músicas e me surpreendi com a boa qualidade dos rabiscos, que nem lembrava que um dia havia escrito”, diz.
            Ivan 2X conta que começou a trabalhar algumas melodias de uma dezena de músicas e “fui me envolvendo com esse trabalho e não parei mais. Mas quando as notícias começaram a revelar 4 mil mortes diárias no Brasil, pelo coronavírus, comecei a ficar em pânico e certo dia soltei: isso está foda. E a palavra foda me inspirou a compor, em poucos minutos, a música “As Taras de Afrodite” (lei a trechos no box, a baixo).
            Ele lembra que por telefone cantarolou para uma amiga apenas uma parte do refrão da música (Acredite, eu me sinto aprisionado na buceta de Afrodite) e ela teve “um ataque de riso”, e aí nos dias seguintes, “como chuva” vieram pelo menos uma dezena de letras desse “calibre”, revela.
FODA SURGE DIANTE DAS INCERTEZAS
            Sem saber quanto tempo a pandemia iria durar começou a elaborar um álbum rock and roll, com dez músicas, intitulado FODA! Músicas Para Crianças Maiores de 18 Anos. Procurou um amigo maestro para dar início a obra, que a princípio deve ficar pronta no início de 2024. “E o que para alguns – não para mim – parecia uma brincadeira, a coisa foi tomando forma à medida que estou sendo convidado para ser produzido por um figurão do rock britânico. Não bati o martelo. Caso ocorra, devo mudar de mala e cuia para Londres, ainda esse ano”, revela.
            Essa decisão, segundo ele, é justamente por ter consciência que as músicas com letras “desse naipe”, não tem como tocar em rádio “e muito menos em festinha de criança”, brica. Portanto, por “recomendação” do tal “figurão britânico”, que não quis revelar o nome, é possível tocar na Europa, pois “os gringos não vão entender nada, porque até em Portugal buceta é conhecida como crica ou cona. E já comi, em Lisboa uma deliciosa punheta, que nada mais é do que uma comida, prato com bacalhau cru desfiado”.

 Como as letras de FODA! estão guardadas “a sete chaves para as crianças não lerem”, diz em tom de brincadeira, não temos elementos para comentar, exceto parte da letra de Afrodite. No entanto, Ivan 2X revela que as letras são longas e elaboradas com menções de personagens históricos, como a própria Afrodite, mas também com figuras como Calígula, Lucrécia Bórgia, Virginia, Agripina, entre outras, “até figuras atuais como a atriz Sharon Stone, que ficou mais famosa com a cena de Instinto Selvagem, abrindo as pernas diante de um delegado, deixando à mostra a buceta”. Por isso, ele revela que com o álbum também será entregue um livreto com as letras comentadas, contando um pouco da história dos personagens e como foram inspiradas. “É música casada com literatura”, diz.
            Enquanto Ivan 2X decide o que fazer com FODA!, paralelamente ele trabalha alucinado musicando letras de “pura poesia, muitas feitas para conquistar namoradinhas, ainda na adolescência”, diz e que pretende, nos próximos anos, ter um catálogo com pelo menos 300 músicas gravadas. As primeiras estão disponíveis no seu Canal no YouTube (https://bit.ly/3u3Yxgb). Um álbum com músicas instrumentais, intitulado “Dançando com a Bruxa Encantada”, que está sendo trabalhado para ser produzindo um musical de dança, já está disponível no Youtube (https://bit.ly/3LFUrUa). São doze músicas. Outras também já estão disponíveis no mesmo Canal, além de “Tok o Meu Rock no Tik Tok”, que está tocando em várias rádios do Brasil e em outros países de língua portuguesa, em especial Portugal. “Pretendo gravar pelo menos duas, mensalmente”, promete, inclusive algumas em inglês.
BIOGRAFIA: https://l1nq.com/sF3Bt

Deixe um comentário